Conheça a trajetória da programação infantil nos 60 anos da Rádio Nacional de Brasília

  • 12/10/2017 - 19h23

Mariana Martins

Você aí, pensa que a Rádio Nacional é só notícia? Está muito enganado! As crianças também têm um espacinho cativo na nossa programação. Um lugarzinho bem especial, cheio de alegria e também de informação.

 

Durante algum tempo, nossa programação infantil era emprestada das nossas “rádios irmãs”. Programas como o Encontro com Tia Heleninha, da Rádio Nacional da Amazônia, e Estação Brincadeira, das Rádios Nacional e Rádio MEC AM do Rio de Janeiro, encantaram também nossos ouvintes, em alguns momentos da nossa história.

 

Mas a Rádio Nacional de Brasília também fez e ainda faz conteúdo infantil. Teve até programa de rádio apresentado por meninas e meninos! Os Radionautas. Foram seis anos de sucesso e uma experiência de vida para crianças e adolescentes da cidade de Samambaia, no Distrito Federal. Junto com o professor Edvaldo Ferreira eles invadiram as ondas do rádio e marcaram a nossa história e a deles também.

 

É o que conta Lennon Ferreira, hoje professor de filosofia, mas lá em 2004, aos nove anos de idade, apresentou junto com outras crianças e adolescentes um programa todo pensado por eles e para gente pequena como eles.

 

Agora a garotada só quer saber de TV, telefone celular, internet, games e redes sociais. Não é verdade? Nada disso!

 

Tem muita criança sintonizada nas ondas do rádio, deixando a imaginação criar seu próprio espetáculo e a Rádio Nacional segue com programação infantil, como conta a apresentadora do Mambembeiros, Priscila Crispi.

 

E além do rádio, o Mambembeiros também está Internet. Todos os programas podem ser ouvido a qualquer momento, é só entrar lá na página www.radiosebc.com.br/mambembeiros e … bota a criançada pra dançar.

 

Enquanto houver criança, haverá imaginação, enquanto houver rádio, haverá espetáculo, alegria e brincadeira na nossa programação.

 

Participação Especial: Bia Ferreira
Sonoplastia: Messias Melo.

Ir para a versão desktop