Palavras Fechadas: exposição em São Paulo estimula tato, olfato e audição

  • 07/07/2018 - 08h41

Nelson Lin

Capas de livros que tem cheiro, formatos diferentes ou que tem som..

 

Na exposição “Palavras Fechadas” no Memorial da Inclusão, na Barra Funda, a artística plástica carioca Mozileide Neri criou 20 capas de livros para estimular a percepção dos visitantes por meio do tato, olfato e audição.

 

De acordo com a educadora da exposição, Bruna Pitteri, a artista plástica teve como objetivo dessacralizar o livro e ressignificar os objetos.


 

A mostra ainda conta com o recurso da audio descrição para aqueles que não conseguem observar as obras.

 


A exposição vai até o dia 30 de Julho no memorial da Inclusão que fica na Barra Funda, na avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564. A entrada é gratuita.


 

Ir para a versão desktop