Cine Drive-In é a única opção de diversão fora de casa na capital do país

  • 18/05/2020 - 12h36

Victor Ribeiro

Saudade de um cineminha, né, minha filha? Desde que as medidas de afastamento social começaram a ser adotadas no país, cinemas, teatros, boates e casas de show foram os primeiros locais a fechar. E provavelmente serão os últimos a reabrir, já que são locais fechados, onde costumam de se reunir muitas pessoas. Mas em Brasília, onde até os parques públicos estão fechados, tem cinema aberto. E a céu aberto!

 

O Cine Drive-In é a única opção de diversão fora de casa na capital do país. Isso porque o distanciamento está garantido: ninguém sai do automóvel. O filme passa na maior tela de projeção do país, com 312 metros quadrados, enquanto o som é transmitido para o rádio do carro.

 

A proprietária do cinema, Maria Fagundes, conta quais medidas adotou para reabrir o Drive-In.

 

Tem gente que vai ao cinema por ser fã de artistas, ou por gostar de ver o filme na tela grande. Mas, no caso do Drive-In, tem gente que vai porque é fã do local, mesmo. Uma delas é a Adriana Nascimento.

 

E não é só a Adriana que é fã do Drive-In. O cinema a céu aberto é motivo de orgulho para muitos moradores da capital, porque é o único desse tipo, desde a Patagônia até fronteira do México com os Estados Unidos.

 

Fundado em 1973, no Autódromo Nelson Piquet e declarado Patrimônio Cultural do Distrito Federal, em 2017, o último Cine Drive-In da América Latina ainda tem muita história para contar.

Ir para a versão desktop