Fiocruz fará um raio-X sobre as mortes nas prisões do Rio e saúde materno-infantil

  • 25/12/2017 - 12h49

Raquel Júnia

Pela primeira vez, o Rio de Janeiro vai permitir uma investigação aprofundada sobre as causas das mortes ocorridas dentro do sistema prisional.


A pesquisa vai analisar, também, a saúde materno-infantil, incluindo as condições das detentas quanto ao pré-natal, parto e asssistência às crianças récem-nascidas dentro do cárcere.


O convênio foi assinado entre o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPE) e a Fundação Oswaldo Cruz, a Fiocruz.


Confira os detalhes na matéria de Raquel Júnia.

Ir para a versão desktop