Mutirão jurídico altera nome e sexo em registro de nascimento de pessoas trans

  • 16/05/2018 - 18h03

Carol Barreto

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e o Programa Rio Sem Homofobia realizaram, nesta quarta-feira, um mutirão para mudança de nome e sexo jurídico no registro de nascimento de pessoas trans. 

Coordenadora do Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos da Defensoria, Lívia Cárceres explica a importância de realizar o mutirão na Baixada Fluminense. Confira na reportagem de Carol Barreto.

Ir para a versão desktop