Governo reforça combate ao tráfico de pessoas

  • 04/07/2018 - 07h46

Kariane Costa

O presidente Michel Temer assinou, nessa terça-feira (3), o decreto do Terceiro Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.


A medida atuará em seis eixos temáticos: gestão da política, informação, capacitação, responsabilização, assistência à vítima e por último a prevenção e conscientização pública. Cada eixo terá metas a serem cumpridas.


Na área de prevenção e conscientização pública, por exemplo, entre as metas está a realização de estudos sobre a condição de atletas adolescentes serem vitimas do tráfico de pessoas.


De acordo com o decreto, o plano tem como objetivo reforçar a atuação, tanto da União quanto dos estados, para o enfrentamento deste crime no país.


Previsto para ser executado em quatro anos, o  plano prevê  a criação de um grupo, com a participação de diversos ministérios, que vai monitorar e avaliar as medidas.


Na área da informação outra meta é realizar parcerias com redes internacionais para localização e atendimento de vítimas no exterior.


O Disque 100 é o principal meio para comunicar violações de direitos humanos.


No Brasil, as mulheres são a maioria das vítimas do tráfico de pessoas. O Ligue 180 atende casos de violência e crimes contra a mulher.


As ligações são de graça e funcionam todos os dias 24 horas.


Também está disponível para denúncias aplicativo para celulares e tablets, o “Proteja Brasil”.

 

Ele foi criado para facilitar denúncias de violência contra crianças e adolescentes.

Ir para a versão desktop