Trocando em Miúdo: Entendendo como a taxa Selic tem impacto no bolso do cidadão

  • 11/09/2017 - 02h12

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Na semana que passou o Banco Central, através do Comitê de Política Monetária (Copom), baixou mais uma vez a tal da taxa básica de juros do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). Dessa vez, para 8,25%. Em janeiro, estava 14,25%.  Isso é bom? Sim, porque abaixa também os juros da dívida pública, por exemplo. Mas abaixa também o rendimeno da caderneta de poupança.

 

E os juros dos bancos vão abaixar? Eles anunciaram que sim. Mas, geralmente, é pouco.  Até o final do ano acontecem mais duas reuniões do Copom, e Selic pode abaixar mais. O mercado aposta que chegue a 7%.

 

Você quer saber para que serve essa taxa Selic, bem no básico, aí no seu bolso? Pois, então, escute a nossa conversa de hoje.

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Ir para a versão desktop