Orçamento do DF poderá ter reforço de R$ 1,5 bilhão

  • 11/01/2018 - 16h06

Dayana Vitor

O Distrito Federal poderá ter mais dinheiro para Saúde, Educação e nomeação de servidores públicos este ano. O Executivo vai encaminharnesta quinta-feira  aos deputados distritais projetos de lei para alterar a Lei Orçamentária Anual de 2018.


As propostas acrescentam  R$ 1,5 bilhão , sendo que mais de R$ 1,4 bilhão virão do IPREV- Instituto de Previdência dos Servidores e  R$ 231milhões de depósitos judiciais. A secretária do planejamento, Leany Lemos, detalhou em coletiva como o dinheiro a mais será empregado.

 

A Câmara Legislativa deverá se reunir, extraordinariamente, na próxima segunda-feira, dia 15 de janeiro, para analisar os projetos de lei do Executivo. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, acredita que as propostas serão aprovadas pelos distritais.

 

A Lei Orçamentária Anual do Distrito Federal foi aprovada no fim do ano passado  e tem receita estimada  de R$ 27 bilhões. Mas o Orçamento do DF  previsto para este ano será de quase R$  43 bilhões , pois 14 bilhões a mais virão do Fundo Constitucional do DF.

Ir para a versão desktop