Petrobras diz que petróleo em baixa e pandemia causaram prejuízo no 2º trimestre de 2020

  • 31/07/2020 - 20h06

Fabiana Sampaio

A Petrobras registrou prejuízo líquido de R$ 2,7 bilhões no segundo trimestre deste ano. A companhia conseguiu reduzir substancialmente o prejuízo registrado no trimestre anterior, que foi de R$ 48,5 bilhões.


Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, justificou as cifras desfavoráveis no balanço divulgado, segundo ele, muito impactado pela crise econômica global devido à pandemia do coronavírus.

A Diretora da Área Financeira e de Relacionamento com Investidores, Andrea Marques de Almeida, citou também outros fatores que contribuíram para o resultado, como a queda significativa do preço do Petróleo tipo brent.


O presidente Castello Branco, no entanto, destacou que a companhia conseguiu preservar o caixa e reduzir o endividamento.


O presidente da Petrobras e os diretores presentes na coletiva evitaram confirmar uma possível reversão dos números negativos até o fim do ano, com o cenário ainda incerto da pandemia da Covid-19.


Castello Branco disse, no entanto, que a empresa está no caminho para acelerar a implantação das estratégias iniciadas no ano passado. E acredita que é possível uma recuperação, com a companhia saindo da crise melhor do que estava em fevereiro de 2020.

Ir para a versão desktop