Pesquisa revela que mais da metade dos professores de São Paulo sofreram algum tipo de violência

  • 28/09/2017 - 08h39

Nelson Lin

Uma pesquisa do Instituto Locomotiva e a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Estado) mostra que mais da metade dos professores do estado, 51%, já sofreram algum tipo de violência na escola. Na pesquisa anterior, de 2013/2014, esse número era de 44%.

 

Entre alunos, o número também aumentou. O número de vítimas passou de 28%, na pesquisa anterior, para 39%, na pesquisa atual. Em números absolutos, cerca de 802 mil estudantes e de 104 mil professores do estado já sofreram algum tipo de violência no último ano. Entre as violências estão: agressões verbais ou xingamentos, agressões físicas, furtos e discriminação.

 

Foram entrevistadas 2.554 pessoas, em várias cidades do estado, e foi realizada entre 1º e 11 de setembro. A Secretaria de Educação Estadual preferiu não se manifestar por não ter tido tempo de analisar os dados da pesquisa. Confira os detalhes.

Ir para a versão desktop