Enem 2018: 3,3 milhões de estudantes ficam isentos da inscrição

  • 07/05/2018 - 16h47

Sayonara Moreno

Com a abertura das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nesta segunda-feira (07), mais de 3,3 milhões  candidatos não vão precisar pagar nenhuma taxa. Esse é o balanço final da isenção, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), que recebeu 3,8 milhões de gratuidade, 88% foram aceitos.

 

 

A política de isenção para inscrições do Enem é considerada decisiva para quem não tem a possibilidade de pagar a taxa. O estudante de jornalismo Leandro Queiroz está prestes a se formar pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Mas agora quer tentar o Enem para fazer o curso de Direito, e conseguiu a isenção. Ele acredita que muita gente depende da gratuidade para tentar uma vaga no ensino superior.

 

 

 

Todos os candidatos devem se inscrever, pela internet, mesmo aqueles que conseguiram a isenção. Esta é uma das novidades do Enem deste ano, que fez a seleção de gratuidade em uma etapa separada das inscrições. Outra regra nova é que quem não pagou os R$ 82 de taxa e não compareceu às provas, no ano passado, teve que justificar a ausência. É o que explica o ministro da Educação Rossieli Silva. 

 

 

Mais de 208 mil pessoas estavam isentas e faltaram, em 2017. Quase 6 mil tiveram as explicações aceitas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o órgão que realiza o Enem.

 

 

E este ano o tempo de duração do exame vai aumentar. Antes o segundo domingo de prova durava 4 horas e 30 minutos , agora vão ser 5 horas. É quando são abordadas as questões de exatas, e este ano vai cair em 14 de novembro. A presidente do Inep, Maria Inês Fini, dá mais detalhes.

 
 
As inscrições abriram nesta segunda-feira (07), às 10h e seguem até 18 de maio. Na primeira 1 hora e 30 minutos, o sistema do Inep registrou 200 mil. A expectativa do ministério é de manter a média do ano passado: 7,5 milhões de estudantes devem se inscrever. O endereço é portal.inep.gov.br//. 
Ir para a versão desktop