MPF recomenda vestibular diferenciado para indígenas e quilombolas na Unifap

  • 01/06/2018 - 17h16

Michelle Moreira

Com o intuito de garantir o ingresso de indígenas e quilombolas no ensino superior, o Ministério Público Federal recomendou à Unifap (universidade Federal do Amapá) que promova processo seletivo especial com reserva de vagas para todos os cursos de graduação ofertados no campus binacional do município de Oiapoque. Confira na reportagem de Michelle Moreira.

Ir para a versão desktop