Enem tem menor percentual de ausentes desde 2009; 24,9% não fizeram a prova

  • 04/11/2018 - 22h09

Danyele Soares

O Enem deste ano teve o menor percentual de ausentes desde 2009. De um total de 5 milhões e meio de inscritos, 24,9% não fizeram a prova. Nos últimos dois anos, o índice ficou em torno de 29%.

 

Para o ministro da Educação, Rossieli Soares, o resultado se deve vários fatores como a campanha de comunicação para informar aos alunos sobre o horário de verão e também a critérios mais rígidos para conceder a isenção da taxa de inscrição.

 

Na avaliação do Ministério da Educação, o primeiro dia de aplicação foi tranquilo. Este ano, foram registradas apenas 32 ocorrências em todo o país, como falta de luz, e 71 candidatos foram eliminados, a maior parte por descumprir regras do edital.

 

Mas em Montes Claros, Minas Gerais, dois estudantes foram desclassificados por uso de ponto eletrônico. O delegado da Polícia Federal Dennis Cali explica que o caso foi descoberto por cruzamento de dados.

 

E sobre a prova? O que os candidatos acharam? Para alguns, o exame estava difícil. Para o zelador Wiliam André da Silva, de 31 anos, a prova objetiva estava complicada, mas a redação foi tranquila. Ele achou bem atual o tema “manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. Mas lamenta ter deixado a redação por último, já próximo do fim da prova.

 

Mas a estudante Laura Germano, de 16 anos, achou a prova objetiva fácil, já o tema da redação considerou complicado. Ela fez seu primeiro Enem como treineira e avalia que apesar de o assunto ser atual, foi difícil organizar os argumentos no texto.

 

De acordo com o MEC, nos locais onde houve falta de luz, os estudantes prejudicados poderão refazer o Enem nos dias 11 e 12 de dezembro. A falta de energia ocorreu em dois locais de prova em Porto Nacional, no Tocantins, e em Franca, São Paulo, e cerca de 1.300 candidatos foram prejudicados.

 

O ministério alertou que esses alunos vão fazer um  novo exame apenas para o primeiro dia de provas e que devem normalmente as provas no próximo domingo.

Ir para a versão desktop