Ministério da Educação vai reunir 100 serviços em uma única página de internet até 2020

  • 29/07/2019 - 23h37

Kariane Costa

Até o próximo ano o Ministério da Educação vai disponibilizar quase 100 serviços em uma única página na internet. 

 

O ministro Abraham Weintraub destaca que a proposta quer reunir em um único portal os serviços que hoje são oferecidos aos estudantes em diferentes páginas.

 

O Ministério não detalhou quais serviços vão poder ser acessados, mas adiantou que 48 estão relacionados à educação superior, 47 à educação básica e 4 à educação profissional.

 

A  Inscrição para o Enem continua sendo feita na página própria do programa, mas o usuário e o login deve se o mesmo do portal gov, previsto para ser lançado ainda esta semana.


Em abril, a Secretaria Especial de Modernização do Estado já havia adiantado que os sites do governo vão migrar para um portal único

 

A ideia é que seja uma plataforma com serviços e informações úteis ao cidadão.

 

Após o lançamento do novo portal, e a consequente desativação dos sites que serão substituídos, a economia prevista pelo governo é de R$ 100 milhões ao ano. Valor que, de acordo com o governo, é usado na manutenção de diferentes sites de serviço.

 

 

Ir para a versão desktop