Reunião para marcar data de volta às aulas termina sem acordo no Rio

  • 29/06/2020 - 20h34

Tatiana Alves

As aulas nas escolas particulares do Rio de Janeiro ainda estão sem previsão de volta. O anúncio foi dado pelo prefeito Marcelo Crivella, durante uma coletiva após reunião com representantes das escolas e dos professores, devido à falta de acordo entre as categorias diante da volta voluntária tanto de alunos quanto de professores, que seria no dia 15 de julho.


Quanto às escolas públicas, Crivella anunciou que também não há data marcada para o reinício das aulas e pondera que a volta às aulas dependerá das curvas de declínio da Covid-19 e do percentual de ocupação dos leitos de hospitais. Antes, o retorno para essas instituições havia sido anunciado para agosto, mas após a reunião desta segunda-feira, a decisão foi retirada.


Apesar de não haver uma previsão de retorno, o prefeito falou que está fazendo um planejamento para voltar a fornecer refeições para esses estudantes em escolas onde a demanda for maior. Para isso, pretende convocar as 6 mil merendeiras do município para serem testadas para a Covid-19. A medida ainda não tem data prevista para ser colocada em prática, pois depende do planejamento da Secretaria Municipal de Educação.

Ir para a versão desktop