Fórmula 1: Sergio Pérez testa positivo para Covid-19 e não corre no domingo

  • 30/07/2020 - 18h31

Maurício Costa

A Fórmula 1 confirmou, nesta quinta-feira que Sergio Pérez, da equipe Racing Point, testou positivo para a Covid-19. O mexicano é o primeiro piloto da categoria com caso positivo do novo coronavírus. Com isso, Perez não poderá participar do Grande Prêmio da Inglaterra, que ocorre neste fim de semana.


Na manhã desta quinta-feira, Sergio Pérez havia feito um exame com resultado inconclusivo, e não participou das atividades previstas no circuito de Silverstone.


Em comunicado, a Fórmula 1 explicou as medidas tomadas.


“Pérez entrou em ‘auto-quarentena’ de acordo com as instruções de autoridades de saúde pública, e vai continuar seguindo os procedimentos exigidos por essas autoridades. Com a assistência dos organizadores do Grande Prêmio da Inglaterra, autoridades locais de saúde e o delegado da FIA para a Covid-19, um rastreamento completo foi realizado e todos os contatos próximos foram colocados em quarentena. Os procedimentos estabelecidos pela FIA e pela Fórmula 1 previram a rápida contenção de um incidente que não terá maior impacto no evento neste fim de semana”.


A Racing Point também emitiu um comunicado oficial. Sem poder contar com piloto, a equipe de Sergio Pérez informou que pretende ter um substituto para correr com dois carros neste fim de semana.


A nota diz: “Sergio está fisicamente bem e de bom humor, mas vai continuar com o auto-isolamento sob as diretrizes das autoridades públicas de saúde, sendo a segurança a prioridade máxima para a equipe e o esporte. Toda a equipe deseja bem a Sergio e espera recebê-lo ao cockpit do RP20 em breve. Nossa intenção é correr com dois carros no domingo. Em breve, comunicaremos os próximos passos para o fim de semana do Grande Prêmio da Inglaterra”.


A expectativa é de que a qualquer momento a Racing Point anuncie qual será o piloto substituto de Sergio Pérez para o GP da Inglaterra.

Ir para a versão desktop