Técnicos avaliam dano ambiental provocado por vazamento de óleo no Amazonas

  • 11/08/2017 - 20h24

Bianca Paiva

Uma equipe do Ipaam, Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas, esteve nesta sexta-feira, em Nova Olinda do Norte, município a 126 quilômetros de Manaus, para verificar as consequências do vazamento de óleo diesel de uma usina da Eletrobras Amazonas Distribuição.

 

O incidente ocorreu durante um temporal registrado na última segunda-feira. Por causa do vento forte, uma escada metálica caiu sobre a válvula de um dos tanques de armazenagem causando o derramamento do combustível. Segundo o Ipaam, parte do diesel escorreu para uma área alagada rodeada por árvores. O local foi isolado pelas autoridades do município.

 

Em nota, o Instituto disse que vai aguardar o relatório da empresa, que adotou providências. O documento será juntado ao levantamento dos técnicos para que sejam tomadas as medidas cabíveis para o caso.

 

Também em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que 12 mil litros de óleo vazaram para a parte externa da usina e o material já foi retirado.

 

Uma empresa especializada em ações de remediação ambiental está no local fazendo a recuperação das áreas degradadas, com previsão de conclusão dos serviços neste sábado. Um engenheiro e um gestor ambiental da distribuidora também estão em Nova Olinda do Norte acompanhando o trabalho.

Ir para a versão desktop