Disputa entre facções criminosas resulta em tiroteio em conjunto habitacional no Rio

  • 12/10/2017 - 16h10

Ícaro Matos

A Polícia Civil informou que o tiroteio ocorrido nesta quarta-feira, no Conjunto Habitacional Cruzada São Sebastião, no Leblon, na zona sul do Rio, tem relação com a disputa pelo comando da venda de drogas na Favela da Rocinha, entre os traficantes Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem; e Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157.

 

A afirmação foi feita pelo delegado responsável pelas investigações, Carlos Alberto Abreu.

 

De acordo com a Polícia Militar, dois criminosos entraram no conjunto habitacional e fizeram vários disparos. Eles fugiram em seguida, mas um deles foi preso por PMs no bairro de Ipanema, também na zona sul.

 

O suspeito foi identificado como Diego Barbosa Alves, e com ele foi apreendida uma pistola Glock 9 milímetros.

 

Um homem, uma mulher e uma adolescente que estavam em frente a Cruzada na hora do ataque foram atingidos. Eles foram levados para o Hospital Miguel Couto, também no Leblon, onde permanecem internados.

 

De acordo com informações da Secretária Municipal de Saúde, Glaucio Lopes passou por cirurgia e o quadro de saúde dele é estável. Segundo a Polícia Civil, ele é um dos líderes do tráfico na Cruzada e está sob custódia.

 

Já a mulher e a adolescente estão em observação no hospital também com quadro de saúde estável.

Ir para a versão desktop