Inauguração da estátua do Cristo Redentor completa 86 anos

  • 12/10/2017 - 18h03

Tatiana Alves

O Cristo Redentor foi palco de duas comemorações pelo feriado de Nossa Senhora Aparecida no Rio de Janeiro nesta quinta-feira. A primeira delas, pelos 300 anos da descoberta da imagem da santa, encontrada por pescadores no Rio Paraíba do Sul, que banha os estados do Rio, São Paulo e Minas Gerais.

 

A segunda comemoração marca os 86 anos de inauguração da estátua do Cristo Redentor na capital fluminense. A celebração foi feita no alto do morro do Corcovado, onde fica o monumento, eleito como uma das sete maravilhas do mundo moderno. Quem esteve no local foi o Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que falou sobre historia da imagem.

 

Além de ser padroeira do país, Nossa Senhora Aparecida é a divindade com mais devotos no Brasil, segundo o IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A copeira Maria Lúcia Sabino, de Olaria, na zona norte é um exemplo de amor e gratidão à santa.

 

Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi proclamada a padroeira do Brasil em 1930.

 

 

Ir para a versão desktop