Sobe para 21 o número de mortes por febre amarela em São Paulo

  • 12/01/2018 - 20h35

Nelson Lin

Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde divulgado nessa sexta, de 2017 até o momento, houve 40 casos autóctones de febre amarela silvestre confirmados no estado.

 

E o número de óbitos aumentou de 13 de acordo com o último levantamento para 21. Os locais de infecção foram os municípios do interior do estado de Sâo Paulo.

 

Neste posto no bairro da Casa Verde, na zona norte de São Paulo a procura pela vacina é grande, o músico Julio Abadia veio da zona leste para tomar a vacina antes da campanha da vacinação passar em seu bairro

 

Já a estudante Giuliana Satorili relata ter encontrado outro posto de saúde da região com fila de uma hora de espera.

 

Segundo informe da Secretaria Estadual de Saúde, entre os dias 3 e 24 de fevereiro será realizada uma campanha de vacinação para proteger as pessoas que residem em locais ainda não alcançados pelo vírus da doença.

 

Na cidade de São Paulo, as doses fracionadas da vacina contra a febre amarela serão distribuídas nas zonas leste e sul da cidade de São Paulo, segundo informe da secretaria municipal da saúde. Não há casos de febre amarela urbana no Brasil desde 1942.

Ir para a versão desktop