Presa organização criminosa especializada na venda de carga roubada no DF e entorno

  • 13/06/2018 - 17h30

Sayonara Moreno

A operação Vocatus foi deflagrada, nesta quarta-feira (13), para desarticular uma organização criminosa especializada na venda de carga roubada, em sete cidades do Distrito Federal e duas do entorno. Segundo a Polícia Civil do DF, foram emitidos 11 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão.

 

Gama, Águas Claras, Samambaia, Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião, Estrutural, e as cidades do entorno, Valparaíso e Cidade Ocidental foram os locais onde a polícia cumpriu os mandados desta operação, que é desdobramento de uma prisão este ano. Em março, 50 toneladas de mercadorias roubadas foram apreendidas em um galpão no Gama, o que originou a investigação e levou a polícia civil do DF a essa rede de receptação de carga roubada, que agia há, pelo menos, quatro anos.

 

Segundo a polícia, assaltantes roubavam produtos, principalmente de transportadores nas BR's 060 e 153, e forneciam para integrantes do grupo, que colocavam à venda em comércios irregulares e também em supermercados do DF. Para isso, criavam empresas fantasmas para gerar notas fiscais falsas, o que permitia a chegada desses produtos nas prateleiras de Santa Maria, Ceilândia, Samambaia e Gama.

 

Foi identificado, também, que o pagamento à organização era feito em espécie ou em carros, que eram revendidos depois, com procurações, o que dificultava o rastreamento do bens. A polícia indiciou os investigados pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, receptação qualificada e falsidade ideológica. Pelo menos dez crimes foram identificados pela polícia e, por isso, os envolvidos podem pegar mais de 30 anos de prisão, se condenados.

Ir para a versão desktop