"Intenção do atirador era causar uma chacina na igreja em Campinas ", diz testemunha

  • 11/12/2018 - 17h27

Entrevista

Em entrevista à repórter da Rádio Nacional Eliane Gonçalves, a testemunha, Pedro Rodrigues, que estava na igreja alvo de um ataque nesta terça-feira (11) disse que a intenção do atirador era causar uma grande chacina. 

 

O tiroteio deixou cinco mortos e três feridos no centro de Campinas, interior paulista, na tarde de hoje (11).

 

Segundo a Polícia Militar, o incidente ocorreu às 13h25 na Catedral Metropolitana, na Rua 13 de Maio.

 

A corporação ainda não tem detalhes de como a situação começou. De acordo com relatos, um homem invadiu a igreja, atirou contra as pessoas e se matou. Ainda não se sabe a motivação.

 

Em nota postada no Facebook, a Arquiodiocese de Campinas informou que a catedral permanecerá fechada para atendimento das vítimas e a investigação da polícia.

 

“Contamos com as orações de todos neste momento de profunda dor”, diz o texto.

 

* Entrevista concedida à repórter Eliane Gonçalves. 

* Com informações da Agência Brasil. 

Ir para a versão desktop