00:32 Geral, Sonoras

Como deixam isso acontecer no nosso município, a 90 km de Mariana?, indaga prefeito de Brumadinho

  • 27/01/2019 - 21h08

Sonora

O prefeito de Brumadinho, Avimar Barcelos, disse hoje (27), em entrevista coletiva no Centro de Operações da cidade, que a responsabilidade pela fiscalização da barragem da Vale na cidade é do governo do estado.

 

Segundo ele, todas as licenças são emitidas pelo governo estadual, que é quem tem capacidade técnica para vistoriar uma obra do porte de uma barragem de mineração.

 

Os efeitos do rompimento da barragem, segundo Barcelos, do ponto de vista econômico, serão devastadores.

 

“Para nós, em Brumadinho, é uma situação bem mais delicada que a de outras cidades, pois somos uma cidade que vive do minério. Dependemos da arrecadação com a atividade. Quase 60% da arrecadação, do Cefem, advém do minério. Sem arrecadação, vai destruir a cidade. Não vamos ter condições mais de dar apoio à saúde. Nós éramos considerados os melhores de educação. Como deixam acontecer isso no nosso município, a 90 km de Mariana?”, indaga Barcelos, com perplexidade.

Ir para a versão desktop