Viva Maria: Casos de feminicídio em 2019 nos estarrecem e escandalizam

  • 08/01/2019 - 06h06

Apresentação Mara Régia

A julgar pelo número de feminicídios registrados nesses primeiros dias do novo ano novo, 2019 parece ter nascido sob o signo da violência!

 

Só no Rio de Janeiro, onde passei parte de minhas férias, foram três vítimas em apenas cinco dias. Dentre elas, Tamires Blanco, de 30 anos, mãe de dois filhos pequenos, e de uma bebê de 11 meses que teria sido encontrada em cima do corpo dela.

 

Uma crueldade! Crueldade que se revela também em golpes de marretas, facadas e outras tantas atrocidades.

 

Confesso minha total incapacidade para analisar as razões que motivaram esses casos do Rio e em outras tantas cidades Brasil afora.

 

Por isso, recorro à sociologia na pessoa de Jacqueline Pitanguy, que, nos anos 80, foi presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher e, hoje, é coordenadora executiva da ONG Cidadania, Estudo, Pesquisa, Informação e Ação (Cepia). Seja muito bem-vinda!

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Ir para a versão desktop