Coleta seletiva será expandida para todo o Distrito Federal

  • 09/10/2019 - 18h39

Michelle Moreira

O recolhimento do lixo no Distrito Federal será diferente, a partir desta quinta-feira, 10 de outubro, quando será estendida a coleta seletiva para todas as regiões administrativas.

 

Agora, caminhões vão passar nessas localidades recolhendo o material reciclável. Ainda haverá 244 pontos de entrega voluntária dos resíduos. Antes, apenas 20 regiões administrativas contavam com a coleta seletiva.

 

A ampliação desse serviço será possível devido ao novo contrato assinado pelo governo distrital e três empresas de limpeza, pelo valor aproximado de R$ 1,7 bilhão. O documento tem validade de cinco anos.

 

Essas novas empresas que começam a atuar na limpeza do DF serão responsáveis por ações como coleta dos resíduos domiciliares; remoção de entulhos; varrição de espaços públicos; lavagem e limpeza de equipamentos; e pintura mecanizada de meios-fios.

 

O diretor adjunto do SLU, Serviço de Limpeza Urbana, Gustavo Souto Maior, dá mais detalhes.

 

“Agora vão entrar em operação 3 empresas; cada uma pega aproximadamente 1 milhão de habitantes. E entre os serviços que elas vão realizar está sendo prevista a ampliação em até 100% da coleta seletiva, ou seja, vai começar a atingir todo o Distrito Federal”.

 

E se você ficou curioso para saber quando a coleta vai acontecer na sua residência, tenha um pouco de paciência. É que o SLU ainda está definindo os dias e horários que os caminhões vão passar em cada região. Mas, a partir desta quinta-feira, as três novas empresas contratadas têm obrigação de enviar todo o resíduo orgânico para o aterro sanitário de Samambaia e o seco para a reciclagem.

Ir para a versão desktop