Corte Suprema do Paquistão julga hoje primeiro-ministro Nawaz Sharif

  • 20/04/2017 - 09h38

Elcio Ramalho, da Radio France Internationale

A Corte Suprema do Paquistão está sob forte esquema de segurança protegida por 1,5 mil policiais devido ao anúncio aguardado do veredito sobre o primeiro-ministro Nawaz Sharif. Ele é acusado de corrupção no escândalo conhecido como Panamá Papers. Se for condenado, é possível que Sharif seja demitido e o país convoque novas eleições.

Ir para a versão desktop