França reage à decisão de Trump de retirar apoio a comunicado do G7

  • 10/06/2018 - 11h15

Adriana Moysés, da Radio France Internationale

A França reage à guinada do presidente norte-americano, Donald Trump, sobre o acordo final do G7. "A cooperação internacional não pode depender de ataques de raiva e palavras mesquinhas: sejamos sérios e dignos de nossos povos", declarou hoje (10) a presidência francesa. 

 

Em mais um tuíte imprevisível, o presidente dos Estados Unidos retirou sua assinatura do comunicado conjunto do G7, poucas horas depois de deixar o Canadá. 

 

Trump atribui a reviravolta às declarações do primeiro-ministro canadense Justin Trudeau, que reafirmou considerar insultantes as tarifas alfandegárias aplicadas ao aço e ao alumínio importados pelos Estados Unidos. 

 

Trump chamou Trudeau de "desonesto e fraco".  Confira detalhes.

Ir para a versão desktop