Reunião do G7 começa nesta sexta-feira com Estados Unidos isolado

  • 08/06/2018 - 09h46

Marieta Cazarré

A Cúpula do G7, os sete países mais industrializados do mundo, começa nesta sexta-feira (8), no Canadá, e os Estados Unidos estão isolado do grupo.


O encontro dos líderes da França, Canadá, Estados Unidos, Japão, Alemanha, Itália e Reino Unido acontece em Quebec hoje e neste sábado.


Donald Trump, que se indispôs com Canadá e União Europeia ao impôr, mês passado, tarifas às importações de aço e alumínio, parece mesmo estar descolado do grupo.


Além das tarifas comerciais, os países discutirão também a saída dos EUA do Acordo Climático de Paris e do Acordo Nuclear com o Irã, o combate à evasão fiscal e as relações com a Rússia e Coreia do Norte.


O encontro é uma oportunidade anual para os líderes se reunirem e discutirem alguns dos problemas globais mais desafiadores da atualidade.


A reunião deste ano promete ser igualmente desafiadora. Líderes como o francês Emmanuel Macron e o canadense Justin Trudeau já vislumbram que não haverá consenso sobre alguns temas, como aquecimento global e tarifas comerciais.

Ir para a versão desktop