Trump liberta mulher condenada à prisão perpétua por tráfico de drogas

  • 07/06/2018 - 17h16

Gislene Nogueira

O presidente dos Estados Unidos reduziu a pena de prisão perpétua de uma mulher condenada por tráfico de cocaína em 1996.


 
A revisão foi aprovada depois de um pedido feito pela celebridade norte-americana, Kim Kardashian West.


 
Alice Marie Johnson tem 63 anos e estava presa há mais de duas décadas. Ela foi condenada por conspiração ligada à drogas e lavagem de dinheiro.

 

No final da quarta-feira, Alice Marie deixou o Complexo Penitenciário no Alabama e contou que se sentia como se sua vida estivesse começando de novo.


 
Em um comunicado, a Casa Branca informou que Alice Marie Johnson foi uma detenta modelo.  E que o governo sempre será duro contra o crime, mas que merecem uma segunda chance aqueles que pagaram a dívida e trabalharam para se aprimorar na prisão.


 
Esse é o sexto caso de clemência concedido por Trump desde que assumiu o cargo. E o segundo depois do lobby de uma celebridade. No mês passado, ele perdoou postumamente o boxeador Jack Johnson. O ator Sylvester Stallone tinha levantado a causa.

Ir para a versão desktop