Governo de Portugal vai regularizar situação de 30 mil imigrantes que trabalham no país

  • 03/07/2018 - 11h51

Marieta Cazarré

O Governo de Portugal está disposto a regularizar a situação de cerca de 30 mil imigrantes, que não têm como comprovar que entraram legalmente, mas que já trabalham há pelo menos um ano no país.


O objetivo é conceder uma autorização de residência àqueles que entraram sem visto e que, por isso, não conseguem cumprir os requisitos para a legalização.


Entre os imigrantes há um grande número de brasileiros, chineses, nepaleses e indonésios.


Com a exigência da documentação de entrada legal no país, milhares de imigrantes que estão integrados, trabalhando e recolhendo impostos não conseguem efetivar suas legalizações.

Ir para a versão desktop