Argentina prorroga quarentena até 28 de junho, mas adota flexibilização por regiões

  • 05/06/2020 - 16h21

Marieta Cazarré

O governo da Argentina decidiu estender mais uma vez a quarentena social, preventiva e obrigatória no país. A medida, decretada no dia 20 de março, vai se estender até 28 de junho, mas com flexibilizações. Saídas noturnas para correr e reuniões de até 10 pessoas serão autorizadas em algumas cidades.


O presidente Alberto Fernández explicou que algumas cidades do país passarão do isolamento, fase em que todos devem ficar em casa, para uma fase de distanciamento. A exceção é para os trabalhadores de atividades essenciais.


Na Argentina, as regras variam nas diferentes regiões, de acordo com a situação epidemiológica de cada lugar. Em Buenos Aires, epicentro da doença no país, em que os casos dobram a cada quinzena, a quarentena seguirá vigente. No restante do país, a média é de duplicação de contágios a cada 43 dias. Em 18 cidades, o isolamento dará lugar à livre circulação, sempre respeitando o distanciamento físico entre as pessoas.

Ir para a versão desktop