Parque Nacional de Brasília é reaberto à visitação com algumas restrições

  • 15/06/2020 - 12h40

Dayana Vítor

O Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral, que é uma área de conservação ambiental onde os brasilienses podem ficar mais perto da natureza, reabre nesta segunda-feira para visitação. Mas as piscinas e a trilha da Capivara não poderão ser usadas.

 

Para que os visitantes aproveitem os mais de 42 mil hectares do parque sem risco de contaminação pelo novo coronavírus, existe uma série de regras. Entre elas, a limitação de visitantes e o espaçamento de dois metros entre as pessoas.

 

Por pelo menos um mês, os visitantes não vão precisar pagar ingresso e apenas 300 pessoas poderão entrar no parque das 8h às 15h. Depois de um mês de funcionamento, o número de visitantes passará para 400 por dia.

 

As pessoas que conseguirem entrar na Água Mineral vão precisar seguir algumas recomendações: uso obrigatório de máscara enquanto estiver na unidade de conservação ambiental; haverá também demarcação de filas e bancos com distância de dois metros entre as pessoas e higienização constantes de ambientes.

 

O Parque Nacional de Brasília é quarta unidade de conservação federal reaberta pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio). Na semana passada, foi permitida a visitação pública também dos Parques do Iguaçu, no Paraná, muito conhecido pelas Cataratas de Foz do Iguaçu; e também dos Parques Aparados da Serra e Serra Geral, localizados no Rio Grande do Sul, famosos pelo cânion Itaimbezinho.

Ir para a versão desktop