Trocando em Miúdo: Tecnologia já pode trazer ao trânsito carro voador que funciona sem motorista

  • 05/10/2017 - 02h24

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

A prosa de hoje parece até ficção científica ou, pior ainda, mentira de pescador, e já adianto por que começo desse jeito. Você chama um carro, tipo táxi, ele chega, sem motorista nem ninguém, você embarca e ele sai … voando. Já pensou? Já existe. Vamos nessa.

 

Faz parte de um curso que se chama Engenheiro de Veículo Autônomo, logo depois da Introdução à Inteligência Artificial. Tem brasileiro fazendo este curso que, entre outras coisas, está testando, na prática, o carro que não precisa de motorista para andar. Mais ainda. Pode até sair voando, sem motorista. O carro. Mas vamos em frente. O curso é feito, aqui no Brasil, mas pela internet. São os cursos da Udacity, no Vale do Silício, São Francisco, Estados Unidos.

 

Mas vamos parar de lero e confirmar esta prosa que não é mais de pescador nem de revista de quadrinhos, tipo a velha família Jetson. Então, direto com Alexandre Nogueira, aluno do curso de Engenharia de Veículo Autônomo, na Audacity. Preste atenção porque carro voador já é uma realidade.

 

Alexandre Nogueira, carro autônomo, sem motorista, no chão ou no ar. Rapidinho, como funciona? Se é que é simples de ensinar para a gente ouvir.

 

Mas tem um detalhe. Neste nosso trânsito maluco, aqui no Brasil, este carro sem motorista consegue funcionar? Será, Alexandre Nogueira, que está num projeto desses.

 

Acontece que isto já acontece. Carro que funciona sem motorista. E ainda voa. Mas, na prática mesmo, tem cidade onde o metrô funciona sem qualquer maquinista-motorista-condutor lá dentro. Inclusive, ônibus. Sem cobrador, nem motorista. Tudo automático. Confirma isso Alexandre Nogueira?

 

Só para fechar a prosa. Thiago Pizzolo. coordenador de Comunicação da Udacity no Brasil, responsável pela formação dos engenheiros em nanodegree. Curso para criador de carro voador, aqui no Brasil. É isso mesmo?

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Ir para a versão desktop