Meninas são destaque na Semana de Ciência e Tecnologia

  • 17/10/2018 - 10h57

Victor Ribeiro

Produzir materiais didáticos que ajudem no aprendizado, de forma lúdica, divertida, que tenham potencial de atrair investidores e caibam em uma caixa fácil de ser levada para qualquer lugar.

 

Esse é o Meninas na Ciência, um dos destaques da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.


A coordenadora do projeto, Luciana Massukado, conta que a primeira etapa do Meninas na Ciência ocorreu em agosto e já foi possível perceber mudanças até no comportamento das estudantes.


Este ano, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia traz a ciência como instrumento na redução de desigualdades.

 

A diretora do Departamento de Políticas e Programas para Inclusão Social do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Sônia da Costa, destacou o papel do projeto no rompimento dos preconceitos que ainda afastam as mulheres de áreas ligadas à pesquisa tecnológica.


São três dias de maratona, com 41 estudantes, divididas em quatro grupos temáticos: física, matemática, biologia e química.

 

Em comum, as meninas aprendem a desenvolver habilidades para além do conhecimento técnico, como explica o professor do Instituto Federal de Roraima campus Calama, Antônio dos Santos Júnior, um dos mentores que ajudam os grupos.


A estudante de engenharia de Controle e Automação no Instituto Federal do Amazonas, Maria Vitória, pede que o mercado de trabalho abra mais oportunidade para as mulheres cientistas do Norte e do Nordeste do país.


Para Camila Marques Oliveira, que estuda engenharia agronômica no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, a principal lição do Meninas na Ciência é a autoconfiança.


Além do projeto, os ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações lançaram um edital para selecionar projetos feitos por meninas cientistas.

 

A expectativa é destinar de R$ 20 mil a R$ 90 mil para cerca de 700 propostas, num total de R$ 6 milhões em investimentos.

 

O desafio é transformar essa parceria em um programa nacional ainda este ano.


O resultado do trabalho das Meninas na Ciência pode ser visto pelo público na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Brasília.

 

O evento vai até domingo (21) e a entrada é gratuita. A programação completa está disponível no site snct.mctic.gov.br.

Ir para a versão desktop