Projeto de reconstrução do Museu Nacional deve ficar pronto em março

  • 27/01/2020 - 12h13

Fabiana Sampaio

As obras de restauração do palácio do museu Nacional devem começar até meados deste ano. O Palácio São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista, zona norte do Rio, no passado serviu de residência da família imperial e foi destruído por um incêndio em setembro de 2018.

 

Segundo o diretor do museu, Alexander Kellner, a previsão é que o projeto  finalizado de reconstrução do prédio seja recebido até março e as obras devem ter início entre junho e julho.

 

Kellner afirmou que o financiamento desta etapa está garantido pela Alerj, Assembleia Legislativa do Estado. Em outubro do ano passado, a Alerj anunciou que vai começar a liberar os recursos, estimados num total de 20 milhões de reais à medida que as etapas do projeto forem sendo executadas.

 

O diretor confirmou ainda a previsão de reabrir parte do Museu ao público no bicentenário da independência, em 7 de setembro de 2022. Kellner comentou sobre o trabalho de estruturação do novo conceito do Museu Nacional.

 

O Museu Nacional é considerado um dos maiores em história natural e antropologia das Américas. Era dono de um dos mais ricos acervos, com mais de 20 milhões de itens. A estimativa da instituição é que o incêndio afetou cerca de 70% a 75%o desses tesouros. No entanto, peças importantes de coleções conseguiram ser salvas, como o crânio de Luzia, o mais antigo fóssil da América do Sul.

Ir para a versão desktop