Este domingo tem superlua; se bem que há controvérsias entre astrônomos

  • 09/02/2020 - 10h46

Sayonara Moreno

Eclipes solares, lunares, conjunções e oposições de planetas, chuvas de meteoros e Marte escondido pela lua. Esses são alguns fenômenos astronômicos previstos para 2020.

 

Os amantes da astronomia podem se preparar porque neste domingo (9) já começa o show de beleza no céu: a primeira superlua do ano.

 

Em entrevista à Radioagência Nacional, o doutor em Física e professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Marcelo Schappo, explica que a superlua ocorre devido à soma de dois eventos lunares.

 

A lua costuma dar voltas na terra em uma distância média de 384 mil quilômetros e pode chegar a 400 mil.

 

No perigeu, essa distância cai para 360 mil quilômetros. No entanto, o professor Marcelo Schappo explica que nem todos os observatórios consideram o fenômeno deste domingo, dia 9, como uma superlua.

 

Não há consenso sobre cada um desses episódios astronômicos envolvendo a lua. Mas, ainda que alguns considerem apenas uma fase cheia, vale muito a pena parar um instante para observar nosso único satélite natural dando um show de beleza no céu.

Ir para a versão desktop