Estudo da UFRN transforma glicerina em combustível

  • 08/02/2020 - 10h43

Lucas Pordeus León

O diesel é um dos motores da economia. Não à toa, o aumento no preço do litro causou a greve dos caminhoneiros em maio de 2018.


Ainda hoje o temor de novas altas assombra a economia brasileira. Reduzir a dependência da importação do produto pode ser uma maneira de evitar altas expressivas no preço.


Tendo isso em vista, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte desenvolveu uma pesquisa inédita, que transforma a glicerina, um resíduo da produção do biodiesel em combustível que pode ser utilizado no próprio diesel aumentando a quantidade produzida.


Confira os detalhes com Lucas Pordeus León.

Ir para a versão desktop