Tecido com micropartículas de prata é usado na proteção das roupas de profissionais de saúde

  • 28/06/2020 - 07h45

Vanessa Casalino

Jalecos, aventais, máscaras. Todo equipamento de proteção individual de profissionais de saúde livre do coronavírus em apenas dois minutos. Isso graças a uma camada de micropartículas de prata que é incorporada ao tecido. O diretor da empresa que desenvolveu a tecnologia afirma que a proteção dura até 30 lavagens.

 

O tecido com as micropartículas de prata foi testado contra o coronavírus foi testado pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, em São Carlos, no interior do estado. E o instituto verificou a segurança do tecido com o uso dessa tecnologia.

 

As micropartículas matam fungos, bactérias e, com isso, eliminam odores de suor, alimentos e mofo, e são empregadas comercialmente em produtos que já usamos - como roupa esportiva, talheres, madeira e MDF. 

 

Acompanhe os detalhes na reportagem.

Ir para a versão desktop