Software pode auxiliar no diagnóstico precoce de Autismo

  • 20/07/2020 - 19h26

Beatriz Evaristo

Distúrbios na comunicação, na interação social e no comportamento são características que podem ocorrer em diferentes graus de comprometimento em pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo. Para investigar se o paciente é ou não autista, é necessária uma avaliação clínica.

 

Uma das características analisadas é a dificuldade em manter o contato visual. De olho nesse aspecto, o professor Ariomar Nogueira Filho, pai de uma criança com autismo, teve uma ideia para auxiliar no diagnóstico precoce.

 

A tecnologia não dispensa a avaliação médica e psicológica. O pesquisador Ariomar Filho explica como funciona a ferramenta que desenvolveu no projeto de mestrado em Engenharia Biomédica da Universidade de Brasília.

 

Realizada no campus Gama da UnB, a pesquisa utiliza um aparelho importado. Mas o coorientador do projeto, o professor da Faculdade de Engenharia, Leandro Cardoso ressalta que é possível construir um equipamento nacional mais barato.

 

O professor Gerardo Idrobo Pizo, orientador do projeto, conta que o software se encontra em fase de testes de boas práticas e deve ser testado em escolas.
 


Para as imagens, foram escolhidas faces humanas, com algumas modificações que pudessem causar estranheza e chamar a atenção. O pesquisador selecionou os atores que interpretam personagens do filme Os Vingadores, por serem bastante populares. Por conta da pandemia, os testes só devem ser realizados depois da volta às aulas.

Ir para a versão desktop