Itamaraty defende investigação sobre suposto uso de armas químicas na Síria

  • 14/04/2018 - 16h18

Renata Martins

O ministério das Relações Exteriores, em nota, defendeu uma saída política para o conflito na Síria e manifestou preocupação com a escalada de violência na região.

 

Após o ataque dessa sexta-feira (13), organizado pelos Estados Unidos, Reino Unido e França, o Itamaraty reforçou a importância de investigação imparcial das denúncias de suposto uso de armas químicas no país e caso confirmado, a punição de responsáveis.

 

O Itamaraty ressaltou também que está em contato permanente com a comunidade brasileira que vive na Síria e que não há registro de brasileiros entre as vítimas.

 

Um núcleo de assistência está à disposição para quem tiver interesse em informações ou esclarecimentos.

 

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 20 horas, pelo telefone +55 61 2030 8803 e pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br.

Ir para a versão desktop