Líder da bancada ruralista, Teresa Cristina será a nova ministra da Agricultura

  • 07/11/2018 - 21h12

Victor Ribeiro

A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária e deputada federal Tereza Cristina, do Democratas, será a ministra da Agricultura do novo governo.


A própria frente parlamentar apresentou, nessa quarta-feira, o nome de Tereza Cristina, que foi aceito por Jair Bolsonaro.


O presidente do MDB gaúcho, deputado federal Alceu Moreira, foi quem anunciou o nome de Tereza Cristina, que é a primeira mulher indicada para o Ministério do próximo governo. Por meio de uma rede social, Bolsonaro confirmou a informação.


Alceu Moreira acrescentou que Agricultura e Meio Ambiente serão mesmo dois ministérios separados. Ainda de acordo com Moreira, esse Ministério do Meio Ambiente terá um perfil modificado e a nomeação para o titular da Pasta vai depender de aprovação da bancada ruralista.

 

Também nessa quarta, o gabinete de transição informou que o general Augusto Heleno, que chegou a ser indicado para o Ministério da Defesa, vai assumir o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Ainda não foi anunciado o novo nome para a Defesa.

 

Os demais ministros já indicados são os da Casa Cicvil, Onyx Lorenzoni; da Economia, Paulo Guedes; da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

Ir para a versão desktop