Presidente espera ter alta médica na terça-feira

  • 10/02/2019 - 08h51

Anna Luisa Praser

Em uma conversa ao telefone com o jornalista Carlos Nascimento, do SBT, o presidente Jair Bolsonaro disse que está bem e pretende ter alta na terça-feira (12), desde que tenha autorização médica.


Bolsonaro fez contato com o jornalista para dar recomendações médicas. Em vídeo, postado no Twitter do presidente, o jornalista relata que os conselhos se devem ao fato de ambos terem passado por procedimentos cirúrgicos parecidos.


Nessa mesma ligação, Bolsonaro respondeu a perguntas sobre a reforma da Previdência e declarou que "ressentimentos são naturais e que depois dos ajustes haverá uma posição oficial e definitiva, não somente quanto à idade mínima, mas também em relação aos regimes de aposentadoria, que serão apresentadas por ele".


Bolsonaro também teria elogiado o projeto anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro e disse acreditar que a resistência maior de aprovação do texto deverá partir do Senado e não da Câmara.


O presidente permanece internado no hospital Albert Einstein. De acordo com o último boletim, as sondas do abdômen e a nasogástrica foram retiradas e Bolsonaro já se alimenta com gelatina e caldos. Mas os médicos ainda não deram previsão de alta.

Ir para a versão desktop