Câmara reduz a idade exigida para professores e professoras se aposentarem

  • 12/07/2019 - 18h39

Kariane Costa

O plenário aprovou um destaque que reduz a idade para aposentadoria do professor.

 

O texto aprovado reduziu ainda mais a idade exigida para o professor se aposentar com pedágio de 100% do tempo de contribuição que faltar na data de publicação da futura emenda constitucional.

 

Com a mudança aprovada nesta sexta-feira (12), a idade passa de 55 para 52 anos, no caso das professoras, e de 58 para 55 anos no caso do professor.

 

Dessa forma, os professores de educação infantil e do ensino básico poderão se aposentar cinco anos antes da idade exigida para os demais trabalhadores.

 

O apoio à emenda foi expressivo, foram 465 votos favoráveis.

 

Ainda faltam poucos destaques para serem analisados ainda nesta sexta, mas a tramitação da reforma na Câmara não deve terminar nesta sexta.
 

 

Nos bastidores, deputados ligados ao governo e aos partidos do Centro, que formam maioria, afirmam que um novo acordo adiou para agosto votação da reforma em segundo turno.

 

É o que informou o deputado, líder do Democratas, Eumar Nascimento.

 

Até agora, a expectativa era que os parlamentares concluíssem a votação da reforma na Câmara até domingo.

 

Terminados os destaques, o texto ainda precisa passar por uma redação final e, depois, deve ser analisado novamente na Coissão Especial, porque foi modificado no plenário, antes de ir para o segundo turno.

Ir para a versão desktop