Onyx Lorenzoni vira ministro da Cidadania e general Braga Netto vai para a Casa Civil

  • 13/02/2020 - 17h33

Victor Ribeiro

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira a saída do deputado federal licenciado Onyx Lorenzoni da Casa Civil. Onyx foi nomeado para o Ministério da Cidadania no lugar do também deputado federal Osmar Terra, e agradeceu a oportunidade.

 

"O presidente me entrega hoje uma nova missão, que vou cumprir com o mesmo zelo, a mesma dedicação e o mesmo empenho, para melhorar e transformar a vida dos brasileiros e brasileiras".


Em uma mensagem divulgada nas redes sociais, Bolsonaro agradeceu a Osmar Terra, que deixa a pasta em meio à investigação da Polícia Federal sobre a contratação de uma empresa suspeita de desviar dos cofres do Ministério da Cidadania R$ 50 milhões nos anos de 2016, 2017 e 2018. O contrato foi firmado durante o governo do ex-presidente Michel Temer.


Para a chefia da Casa Civil o presidente nomeou um militar, o general Walter Braga Netto, que, há dois anos, comandou a intervenção militar na segurança do estado do Rio de Janeiro.


A cerimônia de posse de Braga Netto e Onyx será na próxima terça-feira, dia 18.

 

 

*Atualização às 21h28 para inclusão de informações.

Ir para a versão desktop