Mais hospitais públicos participam de projeto Lean para reduzir a lotação nas emergências

  • 10/01/2020 - 09h57

Apresentação de América Melo

Novos hospitais participam de projeto Lean para reduzir a lotação nas emergências.

 

O Projeto Lean nas Emergências, que tem como objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde, chega ao 4º ciclo.

 

Para essa fase, foram selecionados 40 hospitais de 18 estados. A partir de fevereiro essas unidades de saúde começam a receber as visitas das equipes do Hospital Sírio-Libanês, parceiro do Ministério da Saúde no Lean nas Emergências.

 

Nos últimos seis meses, mais 20 hospitais do SUS participaram do 3º ciclo do Projeto Lean nas Emergências.

 

As unidades apresentaram um resultado médio de redução de 43% do indicador de superlotação, 39% no tempo para chegada em um leito de internação hospitalar e 37% na redução do tempo de passagem pela urgência até a alta.

 

Isso significa, que o paciente que busca atendimento nessas emergências fica em média quase 12 horas a menos no pronto-socorro, considerando o período desde a entrada na unidade.

 

Ir para a versão desktop