Atendimento a pacientes com sintomas de Covid-19 cai 40% em Fortaleza

  • 23/05/2020 - 13h39

Renata Martins

Dados da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza apontam uma queda na procura por atendimento nas unidades de saúde da rede pública de pessoas com sintomas do novo coronavírus.


Os números foram divulgados nessa sexta-feira (22). Segundo a Secretaria de Saúde, na segunda-feira 2.110 pessoas foram atendidas com síndromes gripais. Na quinta-feira, o número de atendimentos caiu para menos de 1,3 mil - uma redução de quase 40%.


Desde o dia 8 de maio, Fortaleza adotou um isolamento social rígido, com proibição da  circulação de pessoas em espaços públicos. O fim das regras mais duras estava programado para esta semana, mas foi prorrogado até o dia 31 de maio.

 

Para o prefeito Roberto Cláudio a redução dos atendimentos nas emergências está relacionada ao isolamento social rígido.


O secretário da Saúde do Ceará, Cabeto Martins, afirma que é possível identificar uma estabilização no número de óbitos.

 

O Ceará tem mais de 34,5 mil casos confirmados e 2.251 óbitos pelo novo coronavírus.


O estado é o segundo  em número de casos, ficando atrás apenas de São Paulo.


Apesar ter mais registros da doença que o Rio de Janeiro, morreram mais pessoas no estado fluminense. São 1.400 mortes a mais que o Ceará.

Ir para a versão desktop