Brasil tem 1,368 milhão de casos confirmados e 58,3 mil mortes por Covid-19

  • 29/06/2020 - 21h08

Victor Ribeiro

Nessa segunda-feira, 24.052 brasileiros testaram positivo para o novo coronavírus. Com isso, aumentou para 1,368 milhão o número de casos confirmados. O boletim divulgado pelo Ministério da Saúde também registrou 692 mortes, o que elevou para 58.314 as vítimas da Covid-19.


Na semana passada, um levantamento do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde apontou que 22 remédios usados no processo de intubação estavam em falta pelo país. Um deles já havia zerado os estoques em 21 estados e no Distrito Federal. A situação motivou uma reunião na Procuradoria-Geral da República, com procuradores, autoridades de saúde e fabricantes de remédios.


A diretora do Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Sandra de Castro Barros, informou que o grupo decidiu adotar três medidas.


Ainda não existe previsão de quando o processo será concluído, nem de regularização do estoque de medicamentos. O Ministério da Saúde vai fazer um pregão eletrônico para aquisição centralizada de sedativos, analgésicos e bloqueadores neuromusculares, e convidou os estados a entrar como coparticipantes.


De acordo com o secretário-executivo do ministério, Elcio Franco, o aumento da procura fez o preço desses remédios subir em até 10 vezes. O objetivo das medidas é agilizar a compra e reduzir o custo dos medicamentos.


O ministério também vai requisitar administrativamente o excedente da produção da indústria farmacêutica, para facilitar o acesso a esses medicamentos. Os representantes da pasta informaram que alguns estados já começaram a receber as primeiras entregas.

Ir para a versão desktop